domingo, 15 de julho de 2012

esconderijo

feliz de quem tem um pátio
 um quintal particular
pra sempre voltar
 nem que seja na memória...
o meu tem morangos/goiabas/ameixas amarelas/
barro pra fazer comidinha de boneca/
 nuvens fomando imagens/
eternidades...

e quando a tarde cai,
 tem também no meu quintal
uma voz que me chama pra dentro
e promete sossego
numa xicara de café com leite...

meu pátio é o esconderijo perfeito
da simples felicidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores