sábado, 7 de maio de 2011

nada mais pleno...



Depois de gerar e aguardar ansiosa o nascimento, nada mais pleno que amamentar...

Quando eu estava grávida precisei ler muito para sossegar a sensação de que não saberia ser mãe, li de tudo e foi maravilhoso, por que quando a Alice nasceu, eu já me achava capaz, sei que nunca se está totalmente capacitado por que o processo na vida é aprendizado diário, mas sentir-se apto faz vencer o medo e por aí se anda. Movimento!

O mais libertador foi um livro sobre inteligência emocional que me ensinou a não negar emoção, minha filha precisava me reconhecer humana para se identificar comigo, e sendo assim eu poderia e deveria expressar tudo.Cedo aprendi que tentar... saber tudo ou controlar tudo, numa linha super-herói, só nos afastaria, então desde sempre minha filha sabe quando algo me dói, me toca, me emociona, me irrita, o que é muito bom. Clareza!

Ser mãe as vezes é dificil, mas não vivi nada mais compensador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores