terça-feira, 12 de outubro de 2010

Ausência...

"Por muito tempo achei que ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
...Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres, porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém rouba mais de mim."

Carlos Drummond de Andrade
Um presente do meu querido amigo Vicente que além de um olhar bonito, sempre tem palavras bonitas para compartilhar.

Foto Vic Sampaio

Um comentário:

  1. maravilha, Nádia. Você e suas palavras que calam fundo... um beijo meu certamente virei aqui te visitar

    ResponderExcluir

Seguidores