quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Riso...


ah, o Caio sempre me falou intimamente à alma, como se conseguisse me traduzir vez que outra, como  se soubesse escancarar minhas carências e minha fragilidades, mas não como quem acusa, mas como quem acolhe e abraça, por isso sempre li tudo que ele escreveu e sofri suas dores como minhas...E hoje nesse véspera de feriado como ele disse um dia, quero o RISO, quero a LEVEZA... Sim, "Livrai-me de tudo que me trava o riso." 
Amém



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores